Segunda-feira, 26 de Fevereiro de 2007

A Primavera

A estação da Primavera aproxima-se rapidamente . Os campos cobrem-se de verde. As flores alegram o ambiente dando-nos a vontade de viver ainda mais. Por toda a parte as fontes jorram água mostrando-nos que sem ela a vida não é possível. Na Primavera tudo é belo! É nela que os passarinhos fazem os seus ninhos dando origem a um novo círculo de vida. Os dias começam a crescer e em nós a vontade de visitar o mar é cada vez maior. É por excelência a estação da vida. Nela, tudo quer começar de novo!

As árvores, erguem-se com os seus braços cobertos de folhas para o céu, como agradecendo a Deus a razão da sua existência. É a estação dos poetas, em que eles fazem poemas ás suas amadas, mostrando-lhes como é belo viver.

É A ESTÇÃO DO AMOR!!!

 

José Estêvão

publicado por blogue-da-usal às 12:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Falar de Carnaval

 Falar do Carnaval em Almeirim no Ano de 2007 pois é giro nós divertirmo-nos uns com os outros e ainda mais giro é esta juventude de hoje que tenho uma critica a fazer eles não gostam de dar continuidade ás tradições anteriores deixam acabar com tudo pouco se não for os mais velhotes a fazer alguma coisa eles nunca tem vagar e os costumes vão acabando a pouco e pouco pois as nossas tradições também são um pouco assim faz se alguma coisa mas sempre a pensar nos cifrões e então vão perdendo as tradições eu gosto de ver embora nunca tivesse muito jeito para me mascarar mas o Carnaval de hoje em alguns sítios e só exploração que não concordo nada devíamos de brincar e não pagar para entrar em qualquer local.
 
 
 JOSE OLIVEIRA.
publicado por blogue-da-usal às 12:16
link do post | comentar | favorito
|

Ecos da Folia

O Carnaval foi passado com a família, recebi a visita do meu filho nora e netinha Fomos ver o Carnaval há zona norte de Almeirim foi engraçado muitas crianças Mascaradas e também havia uma banda de musica e foi como se passou o tempo As ferias foram curtas só uma semana não deu para grandes passeios mas foi bom Agora vai começar novamente as aulas hoje é o primeiro dia de aulas agora estou na Informática e na parte da tarde vou há aula de pintura a óleo e assim se vai passando o tempo da melhor maneira junto com os colegas é o que gosto de fazer para o ano pode ser que seja melhor só que tenha saúde já é bom o resto vem depois Graciete Oliveira
publicado por blogue-da-usal às 12:15
link do post | comentar | favorito
|

O Meu Carnaval

As minhas férias de Carnaval não têm muito que contar porque foram passadas em casa. No domingo gordo depois de almoço, resolvi dar um passeio até a praia da Nazaré para ver o Carnaval. Apesar de ser um Carnaval com muita fama desiludiu-me Um pouco porque estava a espera de um Carnaval com Mais animação. Noélia Gameiro
publicado por blogue-da-usal às 12:12
link do post | comentar | favorito
|

Infortúnio

 DIA DE CARNAVAL FOI UM DIA PARA ESQUECER 
 
 FUI A SANTARÉM COM AS MINHAS NETAS E ACABEI NAS URGÊNCIAS
 
DO HOSPITAL DE SANTARÉM CAÍ UMA QUEDA DA ESCADA ROLANTE E
 
PARTI O PULSO E FIQUEI MUITO MAGOADA FIQUEI MUITO TRISTE POR 
 
AS MINHAS NETAS NÃO SE PODEREM DIVERTIR MAS DEUS QUIS QUE
 
NADA DE MAL ACONTECESSE À MENINA OBRIGADA POR ISSO
 
PESSOALMENTE O CARNAVAL NÃO FAZ MAIS SENTIDO
 
ENQUANTO ME LEMBRAR DESTE INCIDENTE.
                                                                                                                                                
                        Peta Felício
publicado por blogue-da-usal às 11:35
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Ser Positivo

 
A auto mensagem positiva, logo pela manhã é um estímulo que pode mudar o seu humor, fortalecer a sua autoconfiança, e pensando positivamente reunirá forças para vencer os obstáculos.
Deixe – se envolver pela música: cante ou ouça cantar. Comece a sorrir mais cedo.
Em vez de reclamar com o relógio despertador, agradeça a Deus a oportunidade que lhe deu de acordar para mais um dia.
 
                          GUIDA LEAL
publicado por blogue-da-usal às 11:31
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Fevereiro de 2007

O Carnaval

 

O Carnaval é um período muito bonito do ano (todos os outros são lindos), só que arranjou-se o hábito de as cachopas andarem descascadas pelas ruas a desfilar, como que em parada militar e a tiritar de frio, a olhar para os mirones a avaliarem os seus olhares de aprovação aos seus dotes físicos,  porque estar aqui não é como estar  na pátria do Carnaval, e depois pronto, lá vem constipação e gripe.  

Hugo Vieira
publicado por blogue-da-usal às 10:39
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Natal

O meu Natal foi no dia 20, pois foi o dia que comemorei com a minha querida filha, genro e netas. Nesse dia trocámos as prendas pois este ano não podiam vir passar connosco pois um senhor natural do Uganda não viu uma fila parada na Padre Cruz e meteu-se pelo carro da minha dentro. Felizmente ela não ficou ferida, isso é o que mais importa. Para o ano será melhor. O fim do ano, fui com meu marido e mais colegas da USAL para a Feteira. O jantar foi bom a ceia também, mas levámos uma seca do conjunto PIMBA que lá actuou, que foi até dizer chega. O barulho era tão grande ou tão pequeno que houve colegas que ficaram surdos. Mas eu como gosto de me divertir e dar a minha barraquinha da ordem, estava tudo bem para mim e só me deitei ás 6h30. E COM SABOR A POUCO. Fernanda Simões
publicado por blogue-da-usal às 11:30
link do post | comentar | favorito
|

Um Outro Natal

O meu natal foi bom pelos menos com saúde assim como o ano novo pois acima de é a saúde como a minha família o passou já foi muito bom mas um pouco aborrecido e com pouca alegria mas passou-se assim como já alguns há alguns anos. A partir de alguns anos o natal para mim e minha família é como qualquer outro dia não tem grande significado como tinha à alguns anteriores por a alegria ser pouca. Acima de tudo o que aconteceu o que desejo é que vá sempre tendo, saúde para passar as dificuldades. José da Cruz Simão
publicado por blogue-da-usal às 11:29
link do post | comentar | favorito
|

Ano Novo

O Natal este ano foi diferente porque fui presenteada com a chegada de uma neta muito querida e desejada, veio trazer uma alegria muito grande a nossa família. A passagem de Ano foi passada em casa só com o meu marido. O dia de reis é que foi um dia mais animado vinda dos meus filhos e sobrinhos E da minha neta.
publicado por blogue-da-usal às 11:26
link do post | comentar | favorito
|

Natal e Ano Novo

Como foram passados o Natal e Ano novo Passado em família com alegria, e boa disposição. Também tivemos a festa de fim ano da ASA no salão moinho vento. Correu tudo muito bem. Enquanto à passagem de fim ano fui passar à quinta da feteira foi muito Bom e muito divertido só espero que para o ano seja igual ou melhor. DEZEJO UM BOM ANO NOVO PARA TODOS
publicado por blogue-da-usal às 11:25
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 8 de Janeiro de 2007

A MINHA PASSAGEM DE ANO

            Passei o ano com os meus familiares mais chegados, fui a Santarém ver o espectáculo de rua e confesso que gostei muito as pessoas estavam todas muito animadas e foi muito divertido acabamos por fazer a meia noite em cima do capot do carro a beber o champanhe e a comer o bolo rei e ao mesmo tempo a ver o fogo de artificio e assim passámos o ano todos divertidos e felizmente com saúde o que desejámos para o mundo inteiro muita paz e amor e algum dinheiro para gastos até para o ano se deus quiser      
                           
                           Bom ano 2007   são os meus desejos 
 
 
                                                    Péta Felício
                                                                                                                                
publicado por blogue-da-usal às 13:32
link do post | comentar | favorito
|

Fim de Ano

    ESTE FIM de Ano foi muito bom comeu-se bem e bebeu-se suficiente para nos dias seguir ao Natal e Ano Novo não apetecia nada continuar com o mesmo ritmo mas foi bom foi divertido eu costumo dizer quando à saúde e paz tudo corre ás vinte maravilhas foi o que aconteceu comigo e a minha família também.
    Agora estou já estagiar para no próximo dia 20 de Janeiro a minha Netinha faz dois aninhos e lá estou eu novamente ao ataque do comes e bebes e depois ponto final por algum tempo porque se a cabeça não tem juízo o corpo é que paga,                 
Um bom Ano para todos, 
 
Oliveira.
publicado por blogue-da-usal às 13:29
link do post | comentar | favorito
|

AS MINHAS FÈRIAS DE NATAL

       Logo que terminaram as aulas na USAL, eu e a minha família, fizemos alguns preparativos essenciais para festejarmos esta época festiva. Foi muito gratificante passar alguns dias com familiares, que vivem distantes de nós. Tivemos oportunidade de nos deliciarmos com as magníficas iluminações de Natal da nossa cidade de Lisboa.
      No último dia do ano, viajámos até Santiago de Compostela para festejarmos a passagem do ano de uma forma divertida. No dia de Ano Novo visitámos esta cidade e a sua imponente catedral. Nos primeiros dias de Janeiro, também andei a cantar as Janeiras com alguns elementos do Grupo Coral da USAL, do qual faço parte.
     As férias já acabaram e agora começa mais um período com novos desafios.
 
Guida Leal
publicado por blogue-da-usal às 12:29
link do post | comentar | favorito
|

Ano Velho e Ano Novo

     Terminaram as férias do natal e ano novo, agora há que trabalhar….O natal passei em casa de meu irmão e felizmente todos passamos com saúde o que foi muito bom. Como é costume nesta época abusei dos doces e o resultado foi engordar mais um pouco. O Ano Novo, passei nas Caldas outros familiares e foi igualmente bom.
     Tive várias prendas de que gostei muito, não pelo seu valor material, mas pelo simbolismo e afecto com que são oferecidas. O natal é por excelência a festa da família motivo pelo qual muito a aprecio. O Ano Novo não me diz tanto, e penso mesmo, que é mais para os jovens se divertirem. O que eu também já apreciei há muitos, muitos anos. É a ordem natural da vida, é pois preciso dar espaço aos novos.
 
Maria Carolina
publicado por blogue-da-usal às 12:26
link do post | comentar | favorito
|

NATAL E PASSAGEM ANO / 2006

               Foi mais um período festivo que chegou ao fim. O meu Natal foi passado em casa do meu filho no Castelo do bode, em companhia da minha família mais chegada. Foram uns dias bastante agradáveis, sempre acompanhados de bons petiscos e vinhos de se tirar o chapéu. Como passei lá quatro dias, tive a oportunidade de me dedicar a fazer algumas pescarias à barragem. Recebi também muitas prendas, como retribui muitas que me custaram bom dinheiro. Foi mais um Natal que guardo com algumas saudades.
              A minha passagem de ano, foi feita na companhia de um casal amigo, em Santarém.             
             As dozes badaladas que assinalaram a chegada do novo ano, foram passadas junto no adro da Câmara de Santarém a ver um fogo de artifício, que por sinal foi muito bonito.
Foi uma noite de convívio muito agradável que durou até altas horas de madrugada.
 
Estêvão Soares
publicado por blogue-da-usal às 12:22
link do post | comentar | favorito
|

Passagem Aquática

           A minha passagem de ano foi boa à brava, foi passado de cabaça para baixo e debaixo de água e ver as moreias, havia uma tão grande, tão grande, que metia medo, até tinha olhos azuis e um nariz muito afiado, conversamos muito e quando me a apercebi já tinha passado a meia note, vejam lá que nem vi, nem ouvi o fogo que depois todos me disseram que foi tão lindo, mas tiraram muitas fotografias e prometeram no próximo festival aéreo de golfinhos saltadores.
         Havia lá um casal, que por sinal até ficamos muito amigos, conhecidos pelos “barbatanas”, que só se sentia bem, lá mesmo no fundo e só vinha cá acima para respirar e isso não era sempre, (porque diziam eles com um ar de ironia e revolta devido à carestia de vida, que ali também está pela hora da morte) se arrepiavam com o que cá viam.
 
Hugo Vieira
publicado por blogue-da-usal às 12:19
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2006

FELIZ NATAL PARA TODOS

publicado por blogue-da-usal às 16:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 7 de Dezembro de 2006

Sou aluno da USAL

         Sou aluno da USAL há seis anos e neste período de tempo só tenho a dizer bem e agradecer à D. Paula Guerra a maneira como me tem tratado, a mim e à minha mulher, como se tivéssemos nascido nesta terra, o que aliás ela faz com todos os alunos, pois nunca notei da parte dela qualquer diferença de tratamento razão porque me sinto integrado no ambiente e com a certeza que somos todos iguais.
 
         Por razões que são sobejamente conhecidas da população de Almeirim e, pensando eu que poderiam ser evitadas, se tivesse havido da parte dos responsáveis do Centro Paroquial outra maneira de tratar os alunos da USAL, pois não foi possível com as propostas que nos foram apresentadas, e não tendo a Direcção do Centro recusado a proposta apresenta por uma Comissão de professores mandatada pelos alunos, só havia uma atitude a tomar.
 
        Os alunos reuniram-se e com o apoio dos Senhores Presidentes da Câmara e da Junta de Freguesia nasceu a ASA – Associação Sénior de Almeirim – que iniciou a sua actividade
Em Outubro do presente ano com o sucesso que nunca tive dúvidas que era alcançado, porque a união faz a força.
 
                   
 
´
                   José Antunes Robalo Xarim
publicado por blogue-da-usal às 09:21
link do post | comentar | favorito
|

Um Mundo novo

Adoro estar aqui, é um mundo novo para mim, Almeirim! É uma cidade de que eu gosto, fui agora dar um passei ao norte e adorei. Fiquei triste quando cheguei e vi a água em casa com tudo estragado.
 
Isabel Bento
publicado por blogue-da-usal às 09:19
link do post | comentar | favorito
|

Uma Opinião

                Almeirim é uma das cidades mais lindas do Ribatejo e muito bonita muito asseada muito hospitaleira tem uma gastronomia muito importante e diversificada desde as corridas de touros a tradicional sopa da pedra tem a zona industrial muito bem composta tem a importante Compal tem a adega cooperativa tem um bom lote de construtores civis esta bem servida de supermercados.
É uma linda cidade muito bem composta só que tem chineses a mais a USAL é uma instituição que foi muito bem programada e que é muito eficaz para tornar mais alegres os momentos menos bons dos idosos e composta por bons e competentes profissionais que se esforçam pelo nosso bem estar.
Obrigado a todos
 
Joaquim Bento
publicado por blogue-da-usal às 09:15
link do post | comentar | favorito
|

Estou feliz!

           Eu estou feliz por andar nesta escola era uma coisa que há muito tempo desejava fazer escrever no computador o professor é espectacular obrigado o resto das aulas também são de grande valor para mim tais como farmácia, cidadania, línguas.
É tudo muito bom agradeço a todos quantos estão empenhados em nos ajudar a realizar os nossos sonhos bem ajam a todos agradeço a Deus desejo a todos um feliz natal umas boas ferias venham cheios de bênçãos de Deus.
 
Laurinda da Costa Pinto Nunes
publicado por blogue-da-usal às 09:11
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Dezembro de 2006

Mais uma aula de informática

     Mais uma aula de informática que à poucos meses atrás não estava nos meus planos. Quando me decidi julgava tudo diferente no que agora me estou a encontrar.

     Tudo nos parece mais difícil enquanto estamos fora do assunto. Por isso mesmo o que temos a fazer é andar para a frente com força de vontade e não desistir. Quando optei pela informática não fazia a mínima ideia o interesse que realmente viria a despertar na minha mente. O pouco que consegui captar em informática julgo já ser muito importante para tudo que eu pensava deste mistério.

     Agora já posso dizer aos meus amigos que valeu a pena .Estou bastante contente de conseguir escrever por minha mão estas escassas linhas . Posso Agora também já dar uma palavra de agradecimento ao meu professor, porque com a paciência dele também conseguiu que eu não desistisse.

José Carvalho

publicado por blogue-da-usal às 12:26
link do post | comentar | favorito
|

Gosto da USAL

                Eu gosto de andar na Universidade para ver se aprendo alguma coisa, gostava de aprender a trabalhar com o computador para me entreter a passar os meus tempos livres e distrair um pouco.

                Também gosto bastante dos meus colegas que tenho tido contacto assim como de todos os Professores que tenho tido contacto. Eu também aprecio todo o esforço das pessoas que estão à frente da Universidade pelo tempo que perdem com nós assim como todos os Professores.

                Também gosto de distrair com os meus colegas quando nos juntamos todos assim como hoje nos vamos reunir na USAL para fechar o ano e comermos e bebermos o que para mim me dá bastante alegria e prazer neste convívio. Tenho a dizer que tenho muito prazer de conhecer todos os colegas que frequentam a Universidade.

José Simão

publicado por blogue-da-usal às 12:22
link do post | comentar | favorito
|

Preferências

       Eu sou a Maria Fernanda Simões, sou aluna de algumas disciplinas da ASA e tenho muita pena de não poder frequentar as aulas de Pintura, Arraiolos e Artes Decorativas, mas por vezes sinto-me incapaz de fazer certos trabalhos, devido à minha enfermidade.

       No próximo período vou prometer a mim mesma que não vou ligar à minha incapacidade e não vou ligar se estão ou não a olhar para mim as outras colegas e ver que eu nem sei pegar na agulha e vou tentar esforçar-me e fazer o meu melhor nas disciplinas que atrás mencionei. A disciplina de informática; inglês e italiano são as por mim, preferidas.

Maria Fernanda Simões

 

publicado por blogue-da-usal às 12:21
link do post | comentar | favorito
|

A minha aula

       Amiga Hoje estou na aula de informática na USAL digo universidade senior de Almeirim. Além da informática vou também a literatura, italiano, inglês, natação e hidroginástica.

         Gosto do convívio entre colegas e professores. Dia 13 temos o almoço de natal. Boas Festas para todos.

Maria da Graça Fazenda

publicado por blogue-da-usal às 12:21
link do post | comentar | favorito
|

Votos de Feliz Natal

Amigos
      Primeiro vou-lhes dizer quem sou, o meu nome é Maria Fernanda. E é o primeiro ano que estou entre vós, não posso dizer muita coisa.  Mas posso desejar um SANTO NATAL a todos aqueles que põe o seu tempo de laser ao serviço dos outros.
 
Maria Fernanda
publicado por blogue-da-usal às 10:52
link do post | comentar | favorito
|

Natal 2006

          Este ano, vou passar o Natal no meu Alentejo (S. Cristóvão Montemor-o-Novo) junto de alguns familiares. O Natal na minha terra normalmente é passado com os familiares e amigos.
O jantar de véspera é melhorada depende das possibilidades de cada um mas normalmente peru assado no forno e regado com uma pinga, mas com moderação. Como é um dia de família pomos a escrita em dia, porque alguns elementos só se vêem pelo Natal.
Quando se aproxima a meia-noite prepara-se as couves com o bacalhau da ordem, também se comem alguns doces caseiros. O dia de Natal será a continuação da noite anterior.
 
 
                    HORÁCIO MANUEL TRUJEIRA CARVALHO
publicado por blogue-da-usal às 10:49
link do post | comentar | favorito
|

Quem Não Conhece um Calimero?

Toda a gente conhece o Calimero, aquele boneco simpático, mas sempre triste, porque não há nada que não lhe aconteça.
Todos têm o seu Calimero, eu tive o meu amigo e colega Calimero na tropa. Ele era o mais azarado, tudo lhe acontecia,por isso ele estava sempre a resmungar, onde ninguém caía, ele caía, se havia que escolher alguém para missões mais complicadas, era o Calimero, e ainda por cima tinha também aquele pequeno defeito de nunca deixar líquido nos copos, resultando daí ficar com os olhos tal qual o boneco simpático da televisão, figura castiça e que vem sempre à baila ainda hoje já passados alguns anos.
 
Quem é que não conhece um Calimero?
 
 
 
Mário Santos - Almeirim
publicado por blogue-da-usal às 10:45
link do post | comentar | favorito
|

É Natal

      É natal tempo de paz! Gostava que existisse paz no entanto para todos os lados a morte continua a ser a dona dos impérios onde o mal reina! Será que a palavra amor já foi banida do sentimento do ser humano?
       Espero e confio que volte a concórdia e bom senso a toda a humanidade e as crianças deixarão de ter fome e voltarão a sorrir; recordo com saudade a velha lareira de casa dos meus avós onde eu ia buscar as prendas do menino Jesus eram pobres mas faziam muito feliz os anos passaram as prendas são mais os anos também e eu sou mais infeliz.
 Ana Andrade
publicado por blogue-da-usal às 09:02
link do post | comentar | favorito
|

Há professores e professores!

              
Há professores e professores, e ao longo da nossa vida conhecemos certamente muitos, mas há sempre alguns que nos marcam muito, e dentro desta minha avaliação, e opinião muito própria, queria destacar, e sem que possa molestar alguém, porque a USAL, ou melhor todos nós tivemos muita sorte pelo leque maravilhoso de pessoas maravilhosas.
Mas ia eu a dizer que, o professor Miguel merece um destaque muito especial, pelo vasto conhecimento, pela maneira como nos expõe todos os assuntos, a sua experiência a sua amizade, a sua sabedoria de tal forma que quando chega ao fim, ou melhor quando a aula de história do mundo termina, ficamos com pena de não podermos continuar, penso que é pena, que o professor Miguel, e certamente outros, como o professor Miguel, sejam como aquele livro, que ficou esquecido na prateleira.
                                                                                                                                                                                                             Vitacb                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           
publicado por blogue-da-usal às 08:49
link do post | comentar | favorito
|

Mais Uma Aula

            Mais uma aula de informática que à poucos meses atrás não estava nos meus planos quando me decidi julgava tudo diferente no que agora me estou a encontrar. Tudo nos parece mais difícil enquanto estamos fora do assunto. Por isso mesmo o que temos a fazer é andar para a frente com força de vontade e não desistir.

           Quando optei pela informática não fazia a mínima ideia o interesse que realmente viria a despertar na minha mente. O pouco que consegui captar em informática julgo já ser muito importante para tudo que eu pensava deste mistério . Agora já posso dizer aos meus amigos que valeu a pena.

            Estou bastante contente de conseguir escrever por minha mão estas escassas linhas . Posso Agora também já dar uma palavra de agradecimento ao meu professor, porque com a paciência dele também conseguiu que eu não desistisse.

Manuel Rodrigues

publicado por blogue-da-usal às 08:46
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Dezembro de 2006

É Natal

       É natal….Festa celebrada em todo o Mundo, pode mesmo dizer-se que é o aniversário com mais convivas, reúnem-se as famílias trocam-se prendas, matam-se saudades acumuladas, ás vezes durante anos.
      E para as crianças, sentem-se felicíssimas na esperança de verem os seus sonhos realizados, então saltam gritam é uma barafunda, mas ao mesmo tempo uma alegria. Nesta quadra há, mais espírito de ajuda, mais amor.
      Falando agora na USAL, devo dizer que gosto muito de a frequentar, lamentando porém já ter dificuldade na aprendizagem.
 
                        M. Carolina
publicado por blogue-da-usal às 09:12
link do post | comentar | favorito
|

PASSEIO Á REGIÃO DA CIDADE DE BRAGANÇA

      Pelas nove horas de Segunda-Feira passada, juntamente com minha mulher e um casal amigo, partimos rumo à região de da cidade de Bragança.                                                        
      Cidade antiga com o seu castelo altaneiro e lindo de ser visitado. Relembra-se nele todo um equipamento militar existente na altura dos nossos antepassados.
Além da cidade ser bastante bonita, existe na região o Parque Nacional de Montesinho.
Parque composto pelos seus belos castanheiros que nesta altura do ano, estavam vestidos de dourado e davam paisagem um aspecto maravilhoso e belo.
      Visitamos também algumas povoações do interior, muito pobres mas lindas. As pessoas eram simples e hospitaleiras. A sua gastronomia era de comer e chorar por mais, as suas belas alheiras, as postas Mirandesas, os seus maravilhosos enchidos, e o seu presunto que era de cair para o lado.
       Apanhamos um tempo bastante bom, o que fez com que o passeio resultasse mais.
Como tudo na vida tem o seu tempo, este passeio também acabou e na Sexta-Feira, lá viemos por aí a baixo, cantando e rindo, lembrando os bons momento que lá passamos.
        Agora temos de nos voltar para época Natalícia que se aproxima. O Natal de todos nós, mas mais das crianças. É nele que as famílias se reúnem e tentam aproximarem mais. É a época dos presentes e que as crianças mais gostam. O Pai Natal encanta-as e nem o tempo o faz esquecer.
 
 
Estêvão Soares
publicado por blogue-da-usal às 09:11
link do post | comentar | favorito
|

A Minha Opinião

       Eu como aluno da Usal estou a frequentar esta aula de informatica pelo segundo ano   gosto muito desta aula porque cada dia que passa sinto-me cada vez com mais algum conhecimento sobre esta aula.
       Quanto a esta quadra Natalícia é das quadras que eu gosto mais, gosto muito de juntar a família conviver com eles e os amigos também tudo com muita saúde é uma alegria para todos quando á amizade e frontalidade quando isto não existe alguma coisa está mal.
        Nos dias em que vivemos o egoísmo cada vez é mais temos pessoas neste planeta o que conta para eles são os $ cifrões isto pode não estar muito bem escrito, mas isto são coisas do mundo de hoje da falta de cultura de muita gente que vive neste planeta isto são coisas que se estão a passar actualmente comigo não o vou esconder e digo isto a qualquer pessoa amiga.
        Mas continue com a convicsão que neste mundo as coisas não estão bem para muito boa gente e depois os outros é que pagão, mas costumo dizer que Deus não dorme e vamos passando os dias para depois ver.
 
José Oliveira.
publicado por blogue-da-usal às 09:04
link do post | comentar | favorito
|

A minha opinião sobre a USAL

 
          Gosto imenso de ser aluna da USAL, apesar de frequentar as suas aulas, só a partir do ano de 2004.Sinto-me bem integrada no grupo e tento disponibilizar-me para colaborar no que me é possível.
        Tenho muita amizade e estima pela nossa Paulinha, uma coordenadora fantástica que se desdobra para que tudo corra bem, para ver as suas meninas e meninos felizes. Gosto da maior parte das aulas, mas tenho preferência pela disciplina de música e para mim é um prazer fazer parte do grupo CANTAROLARTE.
           Quem teve a feliz ideia de organizar a USAL está de parabéns, é uma instituição muito necessária em termos de convívio e ocupação dos tempos livres das pessoas que a frequentam.
 
                         GUIDA LEAL
publicado por blogue-da-usal às 09:01
link do post | comentar | favorito
|

Gosto de Informática

       Gosto muito de vir aqui às aulas de computar mas não tenho grande jeito para tal, mas gostava de aprender por isso terei que me esforçar o máximo para que consiga alguma coisa com ajuda do nosso professor Miguel que tem que ter muita paciência para me aturar com as minhas perguntas constantes. O natal é o mês em que nasceu o menino filho de deus e de virgem Maria a que chamamos Jesus nasceu a 25 de Dezembro ano 0   da nossa era.                                              
 
Álvaro Tomé de Oliveira  
publicado por blogue-da-usal às 08:57
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Dezembro de 2006

Modificação

          A minha vida modificou-se depois de ter encontrado a USAL. Não para mal, mas para pior. Pior, para a falta de convívio e todas as consequências suas derivadas, quer físicas e também do âmbito psíquico.
       No fundo poderei dizer que estas actividades aqui desenvolvidas são um perfeito veneno contra as maleitas do corpo e da alma. E mais não digo, por que se me acabou a inspiração.
 
                                                                                                       Hugo Vieira
publicado por blogue-da-usal às 17:46
link do post | comentar | favorito
|

Uma História de Natal

Para mim é a época mais bonita do ano. As ruas e as casas enfeitam-se de cores especialmente as que se utilizam mais , como o vermelho, o verde, dourados , prateados etc.

          As iluminações de mil formatos mas todas elas com o mesmo tema. O nosso cristão com o tradicional presépio com N. Senhora, S. José, o MENINO JESUS deitado nas palhinhas aquecido pela vaca e pelo burro, todos dentro de uma gruta onde o filho de DEUS nasceu como a mais humilde das crianças. Há também os pastores, as ovelhas espalhados pelo campo, todas as pessoas ao saberem a feliz notícia vestiram os seus melhores trajes da época e vieram adorar o MENINO.

          Os reis Magos orientados pela estrela chegaram também com as suas oferendas ouro incenso e mirra. Agora mais recentemente importou-se da Lapónia com ajuda dos americanos e da coca cola o Pai Natal com o seu saco sempre cheio de prendas o que alegra muito as crianças. Para o comércio é a época alta de vendas de todos os tipos de coisas. Pena é que se esqueça o que se está a festejar o nascimento do MENINO JESUS, as crianças parte delas não o sabem ou o vão esquecendo se os Pais não lhe lembrarem que esse dia é importante pelo nascimento do MENINO JESUS que veio ao Mundo para o salvar.

         Pena é que o Natal não seja igual para todos. Uns têm tudo outros nem para comer e os bens mais essenciais têm. Fazem-se votos de Paz aos homens de boa vontade .Mas infelizmente há tão poucos, Por mim DESEJO A TODOS UM SANTO NATAL QUE ACABE A GUERRA E A FOME NA TERRA E HAJA AMOR ENTRE OS HOMENS.

Maria Leonor Gonçalves.

publicado por blogue-da-usal às 13:41
link do post | comentar | favorito
|

O Natal

      A época natalícia chegou! Todas as crianças sonham com a abertura dos presentes na noite de Natal; haverá alegria e, por vezes, alguma desilusão nos seus rostos, quando a surpresa corresponde ou não às suas expectativas.

     Os adultos, já stressados, vão fazendo contas e comprando não os presentes desejados, mas aqueles que as suas economias permitem, muitas vezes fazendo grandes sacrifícios, que terão de pagar mais tarde As ementas já estão feitas, à espera do grande dia. Que a noite seja de alegria e Amor em todos os lares!

 Maria Celeste

publicado por blogue-da-usal às 13:39
link do post | comentar | favorito
|

Uma Experiência na USAL

      EU sou uma aluna da USAL há dois anos, estou muito contente é uma maneira muito boa de passarmos, melhor o tempo. Todos os dias temos diversas disciplinas ás quais frequento algumas que mais gosto e de acordo com o tempo disponível que tenho.

      São as seguintes Inglês, Italiano, Informática, Artes decorativas e mais algumas que não menciono. Temos outros passatempos também muitos bons os aniversários os passeios que damos ao longo do ano lectivo, eu também ando no Cantarolarte, de vez enquanto vamos actuar a vários sítios.

      Falando sobre o natal é uma quadra festiva que gosto muito e este ano o nosso almoço no dia treze espero que tudo corra bem, desejo um bom natal a todos os colegas e amigos.

Graciete Oliveira

publicado por blogue-da-usal às 13:33
link do post | comentar | favorito
|

AULAS DE INFORMÁTICA

      Como estou a frequentar a USAL este ano resolvi frequentar as aulas de informática para começar a entender as novas tecnologias. Ainda só tivemos quatro aulas, mas a competência do professor faz-nos entender de uma maneira prática e simples como funciona a INFORMATICA.

      Como estamos na época do NATAL vamos entrar de férias, para se começar a viver o espírito do NATAL,época esta que deveria ser de paz e amor mas,infelizmente com os tempos conturbados que se vivem a nível mundial nem sempre essa PAZ é possível Termino desejando BOAS FESTAS E FELIZ NATAL .

NOÉLIA GAMEIRO

publicado por blogue-da-usal às 13:30
link do post | comentar | favorito
|

Votos de Bom de Natal

       Sou aluna da usal –ASA- Há quatro anos e desde que entrei na Universidade Sénior de Almeirim a minha vida mudou um pouco .Sou casada portanto tenho os meus deveres de esposa e dona de casa mas com boa vontade arranja-se tempo para tudo.
       Embora não frequente todas as aulas porque também tenho de me deslocar de carro visto não residir em Almeirim mas sempre que tenho tempo disponível estou na Universidade inclusive canto no Coro o que me dá muito prazer.
        Neste momento numa aula de Informática e foi o nosso Professor que nos incentivou a escrever este texto porque ele é uma gracinha e gosta de nos castigar mas é por uma boa causa, Obrigada Professor Miguel por nos aturar nesta altura do Campeonato.Já agora aproveito para lhe desejar um SANTO NATAL e FELIZ ano NOVO São os meus votos sinceros Aluna da USAL –ASA        
          
PERPÉTUA BAIÃO ROSA FELICIO
 
                                                           
 
publicado por blogue-da-usal às 10:57
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 24 de Outubro de 2006

Arranque do Novo Ano Lectivo

Arranca no dia 25 de Outubro com a cerimónia de abertura do novo Ano Lectivo, o ano da nova USAL, integrada numa Associação que é a ASA - Associação Sénior de Almeirim. O bBlogue da Usal estende as boas vindas a todos os que abraçam este projecto, Discentes e Docentes bem como as entidades que o apoiam.

Blogue da Usal

publicado por blogue-da-usal às 15:35
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 20 de Junho de 2006

Força

Mais um dia em que me apetece dizer o que penso e o que sinto. A minha USAL não parece a mesma desde à um tempo a esta parte. Pobre da nossa coordenadora depois de tanto trabalho (nem mesmo no tempo em que esteve hospitalizada deixou de ter a sua pasta com a sua papelada e trabalhou para que os seus meninos e meninas nada lhes faltasse), está a ver os seus frutos a esmorecerem e a cairem, talvez podres, depois de tanto pesticidas apanharem na única visita dos Patrões.
 
Colegas, vamos a ter força, e todos, dizer que não vamos murchar e muito menos morrer. O Sol qundo nasce é para todos, e ele quando nasce espalha os seus bondosos raios por todos em igual, tanto pobres como ricos, tanto os inteligentes como os menos espertos, somos atingidos pelo seu bondoso calor. Somos muitos e temos o adubo suficiente para crescer e vencer. FORÇA.
 
 
 
 
                                                                                                     M.F.S.
publicado por blogue-da-usal às 10:53
link do post | comentar | favorito
|

Perdoai-lhe Senhor!

É possível que este desabafo, não devesse ser feito neste espaço, mas tenho que faze-lo, passo a referir-me à reunião tida com os alunos da USAL, dos quais faço parte, com enorme, enorme prazer e orgulho, e com a direcção.
Fiquei extremamente desiludida com o comportamento do principal responsável o Padre, e com sessenta e dois anos de idade, nunca tinha assistido a tanta falta de princípios, e a tanta arrogância pela parte do dito. Sempre pensei que a formação dos padres, fosse alem de apregoarem a moral a doutrina, fosse também a de bons exemplos, tinha esquecido outros tempos que a história não esquece INQUISIÇÃO etc. A reunião estava marcada para as quinze horas, chegou vinte cinco minutos depois, saudação nem ouvi-la e peço desculpa muito menos, a arrogância com que nos falou foi de facto lamentável.
Pois senhor padre, não fosse a minha Fé ser muito superior e conseguir bani-lo da minha mente eu seria uma frustrada e tenho imensa pena que o senhor não tenha sabido guardar o seu rebanho, deixou concerteza, mais pobre a sua Paróquia, e nós que estamos tão habituados ao mimo da nossa coordenadora, aquela que no final da reunião o senhor nem deixou que se despedisse de nós.
O amor é que move milhões o ódio a arrogância a prepotência, serão completamente banidos do mundo, esses que o senhor afastou querem um mundo melhor mais humano que o seu, são os que ajudam e contribuem para todas as obras de beneficência deste e de outros países, a igreja dá o que a comunidade dá e vive dela, a segurança social ao apoiar é com o dinheiro dos nossos impostos.
O povo é soberano.
DEUS É GRANDE.
E o senhor que se penitencie, e que Deus lhe perdoe.
Vita c.b.
publicado por blogue-da-usal às 10:51
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Junho de 2006

Ditadura Não!

Quanto às notícias apresentadas em comunicação sobre a USAL, lamento muito a maneira como os alunos da USAL estão a ser tratados, pela direcção do centro paroquial de Almeirim. A descriminação que as pessoas que não nasceram em Almeirim e não tem a residência no concelho não se podem matricular no próximo ano lectivo estamos a voltar ao regime salazarista nos dias que correm todas as pessoas gostam da liberdade e o que não quer que isso aconteça será da responsabilidade da direcção do centro paroquial de Almeirim. Agora vamos aguardar por novas notícias, quais são os alunos seleccionados pela doutora para o proximo ano 2006 – 2007, não vou alongar mais por hoje a minha conversa
Subscrevo-me,                 
 José Oliveira
publicado por blogue-da-usal às 11:03
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 6 de Junho de 2006

Agradecimento

Este meu trabalho é para agradecer a todos os que directamente trabalham para a USAL muito especialmente para os professores, coordendora e algumas colegas que dispensam algumas horas da sua vida para também dar a sua contribuição.
 
Costumo a dizer por graça que sou PARAQUEDISTA nesta terra, pois nunca tinha pensado em vir residir para cá. Depois de me reformar por nivalidez aos 50 anos, pois foi-me diagnosticado “SINDROMA DE PARKINSON”, uma das doenças que a maioria pensa que só aparece aos outros e quando nos atinge cai-nos o céu sobre a nossa cabeça.
Um dia falaram-me da USAL. Bendigo esse dia e a pessoa que me indicou.
 
Falei com a coordenadora, uma rapariga a quem contei o meu problema e da qual recebi compeensão, amizade e sempre que necessito de uma palavra de esperança me dirijo a ela e recebo sempre carinho, por vezes penso que tenho nela a filha, que se encontra longe. Bem haja PAULA GUERRA, Deus deu-te um coração do tamanho do mundo, para ter amor que repartes por todos aqueles que te procuram.
 
Não frequento todas as disciplinas, mas as que tenho, posso afirmar que os professores são excepcionais, apesar dos seus afazeres profissionais e da sua vida particular têm sempre uma hora para nos dar e esclarecer as nossas dúvidas.
 
Que a pomba que guia o nosso emblema voe sempre bem alto e num voo recto e que nunca encontre algum caçador que a queira ferir no seu voo de paz.
 
Para mim USAL, significa:
 
U – UNIÃO
S -   SOLIDARIEDADE
A -   AMOR
 L -   LIBERDADE
 
                                                                              
                                                                              POR TUDO ISTO
 
                                                                                      OBRIGADO
 
                                                                                M. F. F. S.
publicado por blogue-da-usal às 10:50
link do post | comentar | favorito
|

U.S.A.L.

U.S.A.L.
É amor
É união
É convívio
É solução
É riqueza
É solidariedade
É prazer
É bem-estar
É passear
É aprender
É família
É salutar
É querer
É força
Para lutar, para que ninguém, consiga, a USAL, desmantelar.
 
(Poetisa devidamente Identificada)
publicado por blogue-da-usal às 10:25
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 31 de Maio de 2006

História de Um Rapaz Alentejano

Em 1940 em pleno Alentejo, num dia de Julho pelas 13.00 horas nasceu um rapaz, irmão de três outros rapazes e uma rapariga, todos mais velhos. Todos filhos dos mesmos pais como se usava antigamente.
Este filho mais novo, foi o único que tirou a 4ª Classe. Os mais velhos, tiveram que tratar da vida mais cedo, tinham que ajudar os pais a criar os mais novos, (havia trabalho infantil) pois naquele tempo não havia vagar para ir à escola e brincar.
Trabalhava-se logo de pequenos. Faziam-se homens responsáveis muito novos, pois não havia lugar para muitas coisas que os miúdos gostam de fazer. Não havia televisão, nem aparelhagens, rádio e muito menos computadores equipados com todas as tecnologias de hoje.
Como disse esse rapaz franzino, humilde e tímido tirou a 4ª classe e ficou lá pelo Alentejo, estudando e ajudando os pais na lida da vida cuidando dos animais que existiam numa pequena Quinta que seriam o sustento da família com a venda do leite, que, só quando sobrava, nós tínhamos direito de nos saciarmos, algumas vezes com fartura.
Apesar das dificuldades este foi o menino mais mimado. Quando tirou a 4ª Classe, a mana mais velha que tinha casado e seguido a vida dela, tentou levar o rapazito mais novo para a sua casa, para lhe dar uma oportunidade e uma vida melhor, que ela não tivera nem os outros irmãos mais velhos.
Para continuar os estudos e tirar um curso médio, sempre teria mais facilidade na aprendizagem de uma profissão, que na altura era muito difícil e muito mais difícil sem canudo. Os pais que tinham criado todos os filhos com muito amor e carinho, ficaram abalados com a saída da filha mais velha, que ao casar partiu para muito longe da família e da terra, opuseram-se a que saísse mais um filho para longe do ninho.
“Tem continuação”
Horácio Trugeira
publicado por blogue-da-usal às 15:11
link do post | comentar | favorito
|

Felizmente havia luar

FELIZMENTE HAVIA LUAR
 
 
 
       O    O mundo do João estruturou-se, tal como o das outras crianças da sua aldeia, de acordo com o que foi ouvindo e vendo (influências do meio).
     Naquele tempo – referimo-nos aos anos 30-40 – e no meio rural, as pessoas conversavam, sobretudo, sobre aspectos do misticismo popular. Falava-se muito de bruxas e feiticeiras. Dizia-se que se reuniam duas vezes por semana, nas noites de quartas e sextas-feiras.
Mas, não havia só bruxas, havia também lobisomens (transformação do homem em lobo, bode, burro, cavalo, etc.), conversava-se sobre a mula sem cabeça e, ainda mais arrepiante, aquela história clássica: alguém tinha visto uma porca com uma ninhada de pintos ou, então, uma galinha acompanhada por uma ninhada de leitões! As almas penadas esvoaçavam durante a noite e havia locais específicos onde, habitualmente, eram vistos tais fenómenos.
As bruxas reuniam-se nas encruzilhadas das estradas, os fantasmas apareciam durante a noite e, por vezes, eram vistos a entrar nas casas através dos telhados.
Aqueles fenómenos ocorriam durante a noite, na escuridão e a horas pouco convidativas para o humano andar na rua. Havia excepções para casos de emergência ou, então, de obrigação para com as exigências da idade. Enfim, a vida era difícil e, o diabo – dizia-se – era o causador de todos aqueles males. Estava sempre à espreita de alguém menos prevenido para lhe roubar a alma.
O mundo do João, tal como o dos outros habitantes lá da aldeia, organizou-se alicerçado em fantasias que, na maioria das vezes, conseguiam arrepiar as pessoas. O medo acompanhava a imaginação!
Normalmente era ao serão, à lareira no Inverno ou, na rua ao fresco, no Verão que os adultos contavam, uns aos outros, os encontros havidos com personagens do outro mundo. O João foi crescendo e ouvindo, mas não percebeu que ouvia “coisas” que nunca eram relatadas na 1.ª pessoa.
As situações narradas aconteciam sempre a terceiros. Alguém tinha dito que em tal sítio e a tal pessoa, a determinada hora da noite, tinha acontecido alguma coisa extraordinária, sempre relacionada com Satanás!
O João ouvia, de olhos arregalados, as histórias que os adultos contavam. Muitas vinham do tempo dos avós dos narradores e, convictamente, o João foi registando aqueles conteúdos sobre a realidade que então se vivia durante a noite.
Assim, aqueles fenómenos foram ganhando forma e, claro, o João fazia a sua representação! Ele, mesmo de dia, conseguia ver os seus contornos.
O João foi crescendo e, depois, na adolescência e juventude, quando necessitava de se deslocar, durante a noite, pelo campo – sozinho ou acompanhado – ia sempre em estado de alerta para o que de estranho pudesse surgir. Era um estado propício para aceitar a situação de medo! Assim, o mais pequeno ruído provocado pelo menor movimento de qualquer ave ou animal nocturnos, era suficiente para o deixar com os pêlos em pé!
Contamos, agora – tal como o João contava – o que aconteceu naquela noite. Tinha ele cerca de quinze anos e vinha, sozinho, de um baile na aldeia que distava da sua casa – a medida era o tempo – cerca de uma hora, a pé. Para o baile, O João ia e vinha a pé porque “a pé” era o transporte mais usado naquele tempo.
Estava uma noite de lua cheia e, seriam três ou quatro horas da madrugada. A determinada altura, o João, começou a ouvir um barulho que ele descrevia como “tac, tac” – lido com (a) fechado. Segundo ele, de início tentou, sem parar, identificar a origem de tal barulho mas, não conseguiu!
Não conseguiu identificar o barulho mas, segundo dizia, percebeu que: o ritmo era sempre o mesmo; começou a ficar incomodado e, a determinada altura parou.
Aconteceu que, dizia o João, O “tac, tac”, parou também! Voltou a caminhar e lá estava, o mesmo barulho no mesmo ritmo. Parou novamente e aconteceu o mesmo! Claro que, perante aquela situação tudo o que tinha interiorizado sobre “medos” lhe veio à memória, especialmente “os medos” que constavam no roteiro daquele caminho. Naquela época todos os caminhos tinham fantasmas que provocavam medo!
Obviamente que, hoje, todos sabemos o que naquele momento se passava na cabeça do João mas, contava ele: com o passar do tempo, cada vez dava menos passos e, logo, parava! Assim, a todo o momento, parava e escutava! A determinada altura dava um passo e logo que ouvia o “tac”, parava para escutar! O seu estado de alma estava, naquela noite, a ficar muito deteriorado. Começou a sentir frio e a ficar com a pele húmida. Em síntese, segundo dizia: estava desconfortado. Isto dizia ele mas, lá na aldeia, todos se riam e comentavam: desde quando o medo se traduz, apenas, por desconforto? A situação era muito mais complexa.
Ora, numa situação como aquela, o cérebro do João começou a organizar os meios de defesa mas, pior que tudo: não conseguia identificar o fantasma! Assim não sabia como defender-se! E, como consequência, interrogava-se: defender-me de quê? Como? Se não sei a origem do “tac, tac” e também não percebo de que lado vem?
Embora envergonhado, consigo mesmo, surgiu-lhe a solução – contava ele – para sair daquela situação: o melhor seria correr e, esta hipótese começou a tomar sentido. Felizmente havia luar, caso contrário o João teria corrido até poder!
Mas, naquele anda pára, anda pára, aconteceu que numa tentativa de apurar mais a audição, o João inclinou a cabeça e, para alívio seu, o olho esquerdo viu a ponta de um cordão a cair sobre a aba do chapéu e então percebeu onde estava a causa do mau bocado que tinha passado.
Convém dizer que naquele tempo todas as pessoas cobriam a cabeça com chapéu ou boina e, para o baile, levava-se “chapéu fino”! Neste, para além da fita que circundava a copa, havia um reforço feito por uma espécie de atacador redondo e consistente que terminava com um laço (alguns chamavam-lhe aselha). Ora bem, aconteceu que, segundo contava o João, o laço se desfez e uma das pontas do cordão descaiu e começou a bater na aba do chapéu. Aí estava a origem do “tac,tac”!
Quando o João contava esta história, terminava sempre assim: imaginem qual teria sido a frequência do “tac, tac”, se naquela noite não houvesse luar! Mas as pessoas, lá da aldeia, continuavam a entreolhar-se e, em voz baixa, insinuavam: a frequência e o ritmo do “tac, tac” interessavam pouco. Importante seria saber como teriam ficado as ceroulas do João se aquela noite não fosse uma noite de luar
publicado por blogue-da-usal às 10:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 30 de Maio de 2006

AMIGOS DA USAL E DA RUTIS

 
O LA!
 
Sou aluna da USAL de informática. Estou feliz por ter entrado neste mundo tão complexo…em primeiro lugar, quero agradecer ao Prof. Miguel que tão bem sabe aliar a sua competência ao gosto de bem ensinar.
Reconheço como é útil saber utilizar devidamente a informática, pois é um meio muito útil e riquíssimo de receber e dar informação sempre actualizada e dialogarmos uns com os outros através da Internet, sem quaisquer barreiras.
Oxalá que todos saibam aproveitar este meio maravilhoso na construção dum mundo novo mais justo onde todos saibamos dar as mãos e na fraternidade e amor construir a paz.
 
30 -5-O6
 
BENVINDA FREITAS COSTA
publicado por blogue-da-usal às 11:30
link do post | comentar | favorito
|

Opinião

USAL – União Social Almeirim – Universidade Senior de Almeirim – Unidade Saúde Almeirim. Quatro letras das quais a terceira idade deste Concelho aderiu na luta pelo bem estar, tanto físico como mental ou na procura da segunda família, a verdade é que decorridos alguns anos de convivência com este título, a USAL percorreu o país no testemunho de uma boa convivência neste Concelho mostrando que aqui existe cultura bons costumes e amor pelo próximo, somos respeitados pela Europa através de outras universidades seniores com os nossos bons exemplos, podemos mostrar que nos meios não citadinos como as grandes cidades, existe o querer e acreditar na nossa força de viver.
USAL é um título de sonho, daquilo que não se conseguia, a sua bandeira com a pomba branca no meio do U é no meu ver o sinal da paz e amor.
Mas para aqueles que desenharam e propuseram terá outro significado mais valioso. No entanto há sempre quem entenda que o bem valioso para os Almeirinenses não deve de ir muito longe, estou certo que os opositores poderiam agradecer ao povo deste concelho da forma como foram recebidos neste meio social, que colocassem ideias de grandes pensadores, porque é aqui que todos vivemos e devemos fazer respeitar esta terra.
António Simões
publicado por blogue-da-usal às 11:25
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Maio de 2006

Desabafo

Em sequência dos comentários feitos às considerações sobre o funcionamento da USAL, permitam-me observar de que os mesmos foram muito mal interpretados, atendendo a que a pessoa que os fez, deturpou completamente o sentido dos mesmos.
Não querendo entrar em polémica, solícito que desculpem a sinceridade e que sejam precisamente sinceros.
 
 
Deolinda Oliveira.
publicado por blogue-da-usal às 11:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Encontro de Universidades

Em 06/05/07 nós alunos da USAL fomos ao encontro das Universidades de todo o Pais em Vila da Feira. Fomos muito bem recebidos pela comissão organizadora, estão de parabéns pela organização, como tudo na vida não há quem não erra. Fomos recebidos numas instalações da Euro Parque instalações de grande categoria e bom gosto. Nestas foi no servido um programa de variedades e o almoço e foi aqui que houve um pequeno incidente com o fornecimento dos cafés mas não chega para manchar o resto do bom que foi feito. Parabéns.
 
 
    Para a semana há mais.
    
       Sou Horácio Trujeira.
publicado por blogue-da-usal às 11:23
link do post | comentar | favorito
|

Frequência da USAL

Valeu a pena por tantas coisas que vim encontrar .
O convívio especial com professores e colegas, a simpatia que nos é dedicada, a camaradagem que existe entre uns e outros é tudo um espetáculo saudável.
Quanto á disciplina de informática vale a pena aproveitar o ansejo de desabafar um pouco sobre isto. Apesar-de ser um assunto bastante alheio á minha vida profissional, nunca esperei ter algum exito sobre a matéria. Estou deveras contente , sinto de certo algumas dificuldades, mas com paciência e vontade espero bem de concluir algum exito.
 
Manuel Rodrigues
publicado por blogue-da-usal às 11:23
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Abril de 2006

Inovação

EU JOSE OLVEIRA, Aluno da USAL estou bastante contente com a minha possibilidade de frequentar as aulas de informática isto para mim é bastante inovador porque nos dias de hoje quem não sabe mexer em um computador começa a ficar para trás, a informática é um meio desenvolver os nossos conhecimentos em todos os sentidos, tanto na pesquisa de informação como enviar informações aos outros por isso continuo afirmar que é muito bom saber um pouco de informática nos tempos de hoje.

 

José Oliveira

publicado por blogue-da-usal às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

Apreciação

Sendo assim correspondendo ao convite treino é com a melhor vontade que aqui vou deixar expresso no meu sentido de apreciação a qualidade do trabalho que aqui se produz a favor daqueles que aqui se deslocam com o objectivo de acrescentarem aos seus conhecimentos mais estes que afinal também ficam ao alcance dos mais velhos através da USAL. É desejável que se mantenha este espírito de colaboração e interesse para que as fronteiras das idades sejam compensadas com a liberdade que este tipo de intervenções permitem, reconhecidamente para procurar através da INTERNET um mundo que noutros tempos ainda que não distantes não era tanto conhecido e consequentemente trazia muito obscurantismo. Bem-haja por este invento.

 

FERNANDO LUCAS

 

05/0472006

publicado por blogue-da-usal às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

Sugestão

Na USAL, ponto de encontro da terceira idade, nem tudo decorre consoante os seus desejos. Os furos que os professores proporcionam, porque não aproveita-los para um pequeno convívio ocasional.

 

Maria Carvalho

publicado por blogue-da-usal às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

Opinião II

Comentando o artigo da colega Deolinda Oliveira permito-me discordar do julgamento que faz dos nossos professores dos quais tenho uma opinião Exactamente oposta porquanto tenho constatado que os mesmos são bastante solícitos amáveis e sempre disponíveis para atender as nossa dificuldades, considerando ainda que só por muita generosidade nos dão o seu apoio, já que as contrapartidas remuneratórias ou não existem ou devem ser muito precárias.

O Nosso Sócrates não dispensou o meu jogging na avenida da Baia de Luanda.

Temos um verdadeiro corredor de fundo. Vamos ver para onde leva o País

 

José Carvalho

publicado por blogue-da-usal às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

Sugestões

Após ter consultado o blogue da USAL</a> e lido as opiniões de outros alunos que participam nos seus cursos parece assistir –me o direito de concordar com algumas opiniões críticas veiculadas pelo referido blogue.

 

Quero complementar algumas daquelas opiniões emitidas com a seguinte questão:

 

É de todo meritória a função de Entidades como a USAL</a> na ocupação dos tempos disponíveis de uma grande parte de pessoas que depois de aposentadas não querem deixar de estar activas e continuar a enriquecer os seus conhecimentos. No entanto, penso que para uma parte das pessoas que recorrem a este tipo de Instituições mais por necessidade de aprender do que de ocupar os tempos livres, seria de todo útil criar cursos de um grau de exigência acrescido, quer em qualidade quer em tempo de aulas que permitisse um maior entusiasmo na forma de apreender as matérias dadas.

 

Tal como estão a ser dadas, as aulas de informática, uma vez por semana, para pessoas como o signatário, é pouco motivador e castrador do entusiasmo inicialmente pensado.

 

Manuel Serra

publicado por blogue-da-usal às 11:53
link do post | comentar | favorito
|

Mudança de actividades

Decorridos dois anos, após cessação da minha actividade profissional, resolvi de acordo com os meus familiares mais próximos, colmatar esse espaço vazio da maneira que nos parecia mais proveitosa, não prejudicando, como é óbvio, o nosso ambiente familiar.

Porém, decorridos seis meses de frequência na USAL, universidade que me propus frequentar, cheguei à triste conclusão de que realmente não me satisfaz completamente, atendendo a que alguns docentes, certamente, devido às suas ocupações profissionais, como é absolutamente lógico, descuram um bocadinho, a USAL.

Peço imensa desculpa pelo desabafo, mas é realmente o que se passa e penso, que só emitindo opiniões sinceras, se pode chegar a um consenso, de modo a preparar um futuro melhor para os frequentadores daquela Universidade.

No entanto, e apesar de tudo tenho enriquecido os meus conhecimentos já adquiridos e até aprendido outros, pela primeira vez, nomeadamente nas disciplinas de Informática e

Italiano. Tenho esperança, que a situação melhor num futuro mais ou menos próximo.

 

Deolinda Oliveira

publicado por blogue-da-usal às 10:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

A ESTÓRIA DA FORMIGUINHA DISTRAÍDA

Era uma vez uma formiguinha que, quando andava em busca de comida, se esqueceu que a noite é traiçoeira e, cansada, começou a andar cada vez mais devagar. A dada altura adormeceu. Algumas horas depois acordou a tiritar de frio e, quando quis começar a andar, verificou que tinha uma patita presa! Puxou, puxou, mas a patita continuou presa. Tinha-se formado geada durante a noite, tinha-se formado geada, e como carreiro tinha muita humidade, acabou por se formar gelo. Este era a causa daquela prisão! Desanimou e, desanimada, desistiu de puxar pela patita.

Ali ficou até que o sol nasceu, o ar começou a aquecer e, para grande admiração da formiga, a perna tinha-se soltado!

Então a formiga disse: oh sol, tu és tão forte que derreteste o gelo que prendia a minha patita.

O sol disse: mais forte é a nuvem que tapa.

Então a formiga disse: oh nuvem tu és tão forte que tapas o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

A nuvem disse: mais forte é o vento que me faz andar.

Então a formiga disse: oh vento tu és tão forte que fazes andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O vento disse: mais forte é a parede que não me deixa passar.

Então a formiga disse: oh parede tu és tão forte que paras o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita

A parede disse: mais forte é o rato que me fura.

Então a formiga disse: oh rato tu és tão forte que furas a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O rato disse: mais forte é o gato que me come.

Então a formiga disse: oh gato tu és tão forte que comes o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O gato disse: mais forte é o cão que me morde.

Então a formiga disse: oh cão tu és tão forte que mordes no gato que come o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O cão disse: mais forte é o pau que me bate.

Então a formiga disse: oh pau tu és tão forte que bates no cão que morde no gato que come o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O pau disse: mais forte é o lume que me queima.

Então a formiga disse: oh lume tu és tão forte que queimas o pau que bate no cão que morde no gato que come o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O lume disse: mais forte é a água que me apaga.

Então a formiga disse: oh água tu és tão forte que apagas o lume que queima o pau que bate no cão que morde no gato que come o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

A água disse: mais forte é o boi que me bebe.

Então a formiga disse: oh boi tu és tão forte que bebes a água que apaga o lume que queima o pau que bate no cão que morde no gato que come o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O boi disse: mais forte é o homem que me come!

Então a formiga disse: oh homem tu és tão forte que comes o boi que bebe a água que apaga o lume que queima o pau que bate no cão que morde no gato que come o rato que fura a parede que para o vento que faz andar a nuvem que tapa o sol que derreteu o gelo que prendia a minha patita.

O homem encolheu os ombros e, naturalmente, admitiu que não valia a pena responder a formigas!

 

 

Esta lenga-lenga contavam-na as avós, aos netos no tempo em que as paredes admitiam que os ratos as conseguiam furar. Quando os ratos deixaram de conseguir furar paredes… os netos deixaram de ouvir as lenga-lengas dos avós.

 

António Saiote

publicado por blogue-da-usal às 10:49
link do post | comentar | favorito
|

Opinião

Na minha opinião e no meu caso particular a aula de Ingormática é bastante interessante, pois permite manter o contacto com matérias já muito esquecidas, algumas  é mesmo a primeira vez, aliás no computo geral, acaba por ser tudo novidade, o que para mim obviamente é interessante.

 

Aliás  a USAL em si acaba por se tornar um bom escape nesta fase da vida, em que os afazeres não são muito e portanto só por isso já seria  bom, mas é muito mais do que isso, porque se aprendem coisas novas e se recordam outras  já muito afastadas, não esquecendo o convivio que toda a vivência nos proporciona, por tudo isto merece a pena.

 

Almeirim, 05.04.06

 

Mário Santos

publicado por blogue-da-usal às 10:49
link do post | comentar | favorito
|

Problemas para os alunos da USAL resolverem.

   

Eu tinha trinta galos levei – os para o matadouro esperei algum tempo, e cheguei à conclusão que não recebi galos e também não ficaram no matadouro.

 O que foi feito dos galos?

 

 

Sodartsac

 

 

 Esta é para o professor Miguel.

 

Um caçador tinha um cão e a mãe do caçador é também o pai do cão.

 

 

Autor anónimo.

publicado por blogue-da-usal às 10:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Março de 2006

Apresentação do Blogue da Universidade Sénior de Almeirim

Este Blogue foi concebido com o apoio dos alunos da cadeira de Informática da Universidade Sénior de Almeirim. O seu objectivo é proporcionar uma plataforma de suporte informático onde os alunos emitam as suas opiniões os seus anseios e dúvidas, bem como os seus trabalhos, poemas ,prosas fotos e todos os desabafos que entenderem. Este será um espaço de discussão aberto a todos para que todos possam exprimir de forma livre as suas opiniões.

um abraço

publicado por blogue-da-usal às 11:04
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
27
28


.posts recentes

. A Primavera

. Falar de Carnaval

. Ecos da Folia

. O Meu Carnaval

. Infortúnio

. Ser Positivo

. O Carnaval

. Natal

. Um Outro Natal

. Ano Novo

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Outubro 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.links

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds